Você conhece a história da guitarra elétrica? Conheça agora 5 fatos que provavelmente você não sabia sobre esse instrumento tão amado!

Você conhece a história da guitarra elétrica?
Já imaginou como seria o mundo sem música ou os acordes da guitarra?
Sem os clássicos do Metallica, Guns N’ Roses, Beatles, AC/DC ou Pink Floyd?
Quase não dá para imaginar né?
Mas essas bandas só fizeram história por conta da guitarra elétrica, por isso, decidimos separar esse artigo para você conhecer melhor a história desse instrumento musical tão importante para o mundo.
É só continuar a leitura.

Invenção da Guitarra Elétrica:

Muita gente acredita que quem inventou a guitarra foi Les Paul em 1940, mas na verdade o instrumento foi criado antes, em 1931 nos Estados Unidos pelo músico George Beauchamp, e Adolph Rickenbacker, engenheiro eletricista.
Eles criaram a primeira guitarra de som amplificável e viável do ponto de vista comercial.
Porém, muitas pessoas já tinham tentado produzi-la, mas eles foram os primeiros a entregar um instrumento com qualidade para ser usado profissionalmente.
George, já tocava guitarra havaiana, com estrutura de aço e uso horizontal, tempo depois ele e Rickenbacker se conheceram e decidiram trabalhar juntos no projeto que posteriormente daria origem a nossa amada guitarra elétrica.

História da Guitarra Elétrica 5 Fatos que Você Não Sabia

Produção em grande escala:

Leo Fender, técnico especializado em consertar rádios foi o primeiro a produzir a guitarra elétrica em escala comercial, isso na década de 40.
Logo depois, a Gibson, fábrica de instrumentos que já produzia violões elétricos convidou Les Paul, músico, para redesenhar um protótipo da guitarra e entrou no mercado como concorrente.
Em 1947, Paul Bigsby fez uma parceria com Merle Travis para fazer um projeto da sua própria guitarra elétrica que é a mais próxima da que conhecemos atualmente.

Guitarra no Brasil:

Longe de todo esse cenário, o músico baiano Adolfo Nascimento, buscava desde 1938 um jeito de usar um captador para amplificar o som do seu cavaquinho.
Em 1940, o Brasil desenvolveu um protótipo chamado pau de corda, ele possuía um braço com quatro cordas, o instrumento foi se aprimorando até virar a guitarra baiana.
Mas a guitarra norte americana só chegou aqui no nosso país na década de 60, através de festivais do guitarrista argentino Tony Osanah, interpretando em parceria com Caetano Veloso, músicas como o clássico “Alegria, Alegria”, marco do tropicalismo nacional

Por que criaram a guitarra?

Conforme dissemos, a guitarra comercial só foi criada em 1931, mas desde meados de 1880 alguns músicos sentiram a necessidade de criar um instrumento que tivesse um som mais forte e marcante que o violão clássico, para ser um diferencial em alguns grupos musicais.
Desde então várias pessoas tentaram fazer alguns protótipos até chegar à versão comercial.

Guitarra mais cara do mundo:

Em 2005, por uma causa nobre, a finalidade de arrecadar dinheiro para as vítimas de um Tsunami no continente asiático, uma guitarra elétrica foi vendida por impressionantes US$ 3,6 milhões.
Para você ter uma ideia, para deixar a Fender Stratocaster cobiçada no mundo inteiro, o instrumento foi assinado por Mick Jagger, Eric Clapton, Bryan Adams, Paul MCCartney e mais outras quinze estrelas do rock.

 

 

 

 

E você?
Já conhecia essas curiosidades do mundo da guitarra?
Deixe aqui nos comentários!

[GRATIS]A oportunidade de baixar Como Solar na Guitarra que era vendido a R$ 47,00 
“UM ALICERCE BEM FEITO É O PRINCÍPIO DE UMA OBRA ESTABELECIDA E DURADOURA” (RODRIGO FERRAREZI)
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!